FAB abre 231 vagas para o Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento

Inscrições estarão abertas até às 15 horas do dia 10 de fevereiro de 2021

 

A Força Aérea Brasileira (FAB) publicou Instruções Específicas para o Exame de Admissão ao Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica do ano de 2022 (IE/EA EAGS 2022). As inscrições para o processo seletivo iniciaram nessa segunda-feira, 11 de janeiro, e seguem até às 15 horas do dia 10 de fevereiro de 2021, no horário de Brasília, no endereço ingresso.eear.aer.mil.br/. O valor da taxa é de R$ 60,00.

São 231 vagas destinadas à cidadãos brasileiros, de ambos os sexos, que atendam aos pré-requisitos, às condições e às normas estabelecidas nas Instruções. Para serem habilitados à matrícula no Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica (EAGS), não podem ter menos de 17 anos e nem completar 25 anos de idade, até 31 de dezembro do ano da matrícula no EAGS 2022, além de terem concluído, na data da Concentração Final do certame, o Ensino Médio (para todos os candidatos) e o Curso Técnico de Nível Médio.

Há vagas para as seguintes especialidades: Eletrônica (BET); Administração (SAD); Enfermagem (SEF); Eletricidade (SEL); Informática (SIN); Laboratório (SLB); Obras (SOB); Pavimentação (SPV); Radiologia (SRD); e Topografia (STP).

O processo seletivo é composto de Provas Escritas; Inspeção de Saúde (INSPSAU); Exame de Aptidão Psicológica (EAP); Teste de Avaliação do Condicionamento Físico (TACF); Prova Prática da Especialidade (PPE); Procedimento de Heteroidentificação Complementar (PHC); e Validação Documental.

As provas escritas ocorrerão no dia 25/04/2021. Os aprovados em todas as etapas deste processo seletivo e selecionados pela Junta Especial de Avaliação (JEA) deverão se apresentar na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP), no dia 16 de janeiro de 2022, para habilitação à matrícula no curso que terá duração de um ano. Após a conclusão do estágio com aproveitamento, o aluno será promovido à graduação de Terceiro-Sargento e será distribuído e classificado em alguma das Organizações Militares do COMAER, localizadas em todo o território nacional, de acordo com a necessidade da Administração.

 

Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Letícia Faria
Edição: Agência Força Aérea – Revisão: Capitão Oliveira Lima

Deixe um Comentário